APC – O Limpador Universal do Detail

Olá pessoal, hoje eu gostaria de falar um pouco sobre limpadores multifunção (APC), produto fundamental no arsenal tanto de um Profissional Detailer quanto para o um Entusiasta.

Os limpadores automotivos multiação são conhecidos mundialmente pela sigla APC, All Purpose Cleaner, em sua maioria são concentrados e devem ser diluídos com água para ficar da forma perfeita para cada uma de suas competências. Digamos que estejamos falando de um APC super forte, a diluição que utilizaremos para remover sujeira pesada é uma, porém a diluição que utilizaremos para fazer uma limpeza leve de plásticos internos será outra. Dessa forma costumamos brincar que quando compramos um APC, compramos na verdade vários produtos, ou melhor, várias aplicações. Vale lembrar que um ou dois bons APCs é indispensável no arsenal de um Detailer Profissional ou Entusiasta

Mãos limpando interior com APC e toalha de microfibra
Limpeza de Interior com APC e Microfibra

Ácidos, Neutros ou Alcalinos… Vamos primeiro falar um pouco sobre pH?

Pois é, quando falamos em um produto de limpeza (principalmente quando falamos de um produto de limpeza pesada) sempre vem aquelas duas letras em nossa cabeça, pH. Mas o que ela define e como podemos entender melhor isso? Para responder essa pergunta eu fiz um breve resumo sobre o (p)potencial de (H)Hidrogênio para você, bem como as aplicabilidades de cada extremo.

Escala de pH
Veja aqui a escala completa com vários exemplos

Conforme todos nós conhecemos o pH de um produto pode variar de 0 até 14 (sendo 0 ácido e 14 alcalino). Obs. Vale lembrar que existem substâncias que transcendem essa escala, ela serve apenas como base, mas não se espante se em algum momento em sua vida você encontrar um produto com ph –1.

Poderíamos falar das associações mais comuns, como suco gástrico ter pH 2 e ser altamente ácido, água pura ter pH 7 e ser neutra e a soda cáustica ter pH 13,5 e ser altamente alcalino, mas aqui o assunto é detailing e por isso vamos colocar isso em nossa realidade. Os produtos com pH 0 a 3 popularmente conhecidos são Intercap, Limpa Baú, Limpa Alumínio, LM (altamente ácidos!!); produtos com pH 7 são os shampoos neutros do nosso dia a dia, Meguiars, Chemical Guys e Mothers; e por fim produtos com pH acima de 11 são os altamente alcalinos, neles temos todos os desengraxantes.

Mas sabe o que é mais importante? é o que está entre esses pHs (se é que pH se flexiona). Com pH de 8 até 10 temos a maioria dos produtos de limpeza que conhecemos no mercado como flotadores (ou como preferimos falar, APC). No outro lado quem se destaca com enorme folga sobre a concorrência é o Alcance Ziva (levemente ácido com pH aproximado de 4,8). Lembre-se bem sempre desses 2 tipos, vão ser fundamentais aqui para frente!

De modo geral existe dois tipos de sujeiras/sujidade:

1) Materiais líquidos/oleosos;

2) Materiais sólidos particulados.

Esses dois tipos tem muito mais que nomes e estados físicos diferentes; a forma, ou melhor, o produto que iremos empregar na remoção deles segue também uma diferença, e é dela que falaremos hoje.

Sujeiras Sólidas são em sua maioria proteínas, argilas, carbono (fuligem) de várias características e óxidos metálicos;

Sujeiras Líquidas podem conter gordura de pele, ácidos graxos, óleos minerais e vegetais, óleos sintéticos.

Cada tipo desse de sujeira necessita de um tipo especial de limpador. A grande questão é que a maioria dos limpadores estão nos extremos, ou bastante ácido ou bastante alcalino, o que transforma-os em excelentes limpadores para suas funções, porém não tão bom para a necessidade inversa.

E como fica o APC com isso?

Nisso os Limpadores Universais se tornam produtos versáteis, com um pH não tão alto para o lado Alcalino (maioria dos limpadores de mercado) e nem tão ácidos (Ziva), esses limpadores são excelentes opções quando queremos ter um alto poder de limpeza, versatilidade e tratamos superfícies delicadas, aquelas superfícies que sabemos que se cuidarmos de forma inapropriada ou com produtos demasiadamente fortes acabarão queimando/ressecando, ficando assim frágeis e com péssimo aspecto.

Pulverizador com APC

Limpadores Universais (APC: All Purpose Cleaner) com pH ligeiramente alcalinos (entre 8 e 9) são excelentes para limpeza de sujeiras líquidas(como falei anteriormente, isso engloba óleos minerais, gorduras, óleos sintéticos, ceras), porém não tão efetivos com sujeiras sólidas.

Já os APC com pH ligeiramente ácido (entre 4 e 6) tem excelente poder de limpeza para as sujeiras sólidas, como poeiras, resíduos arenosos, óxidos metálicos e demais sujeiras não oleosas, com a grande vantagem de não remover ceras e derivados. Infelizmente poucos produtos que vem para o Brasil tem tal característica (apesar de cada vez mais se tornar um padrão no mercado Norte Americano e Europeu)

E nesse jogo de gato e rato quem se destaca por estar no meio da escala com pH 4,8 (esse pH é em estado puro, podendo subir até quase 6,5 dependendo da diluição que vai ser utilizado) é o ZIVA o produto da Alcance Profissional surpreendeu todos com seu excelente poder de limpeza e equilibrado pH, transformando-se hoje em um dos limpadores universais mais utilizados (e por consequências mais vendido em nossa loja). Além de um pH levemente ácido (algo não comum em APCs) o ZIVA se destaca pela sua concentração e consequente possibilidade de diluições e utilidades que você pode fazer com ele, desde uma limpeza pesada de caixa de rodas, tradicional limpeza do interior e até o famoso banho de espuma, conhecido como Snow Foam e que explicamos aqui um pouco sobre seus benefícios. O ZIVA é tão concentrado que pode ser utilizado com diluição de até 1:100, aqui segue as recomendações da Alcance Profissional para diluição do ZIVA:

Diluições para o ZIVA: (Não sabe diluir?? Clique aqui!!)

  • 1:10 – Limpeza IncrustadaZiva
  • 1:20 – Limpeza Pesada
  • 1:40 – Limpeza Média
  • 1:70 – Limpeza Leve
  • 1:100 – Manutenção

Vale lembrar algumas objeções e considerações. A primeira é que por não ter um pH alcalino o ZIVA acaba não se tornando a melhor opção para limpar motores, visto que o pH alcalino ajuda mais a limpeza de graxas e óleos, mas felizmente nem tudo é tristeza visto que o motor de um carro é um dos compartimentos que mais pega sujeiras sólidas, onde o ZIVA brinca de trabalhar.

Caso você não saiba como fazer a diluição do Ziva, clique aqui e baixe nossa planilha especial sobre diluições.

Por isso a minha recomendação é o equilíbrio, ou melhor, divisão de tarefas, ou melhor ainda, de produtos. Pelo ZIVA ser um produto de excelente custo benefício vale a pena ainda assim utilizar ele na limpeza do compartimento do motor, em áreas onde não haja sujeira com graxa ou óleos. Para isso eu particularmente recomendo você utilizar o Ziva com auxílio de uma torneadora para limpeza de toda aquela poeira que fica tanto nos cantos do motor quanto em todo o cofre. Já para os locais onde há um acumulo de óleos e graxas é recomendável que você utilize limpadores apropriados de motor de sua preferência, e quem sabe não fazemos uma postagem sobre como limpar motor, nota do editor (haha)

Bom agora chego ao fim da explanação sobre os limpadores universais, conhecidos como APC ou limpador multiuso.

Espero que você tenha gostado, que compartilhe em sua rede social e mais importante deixe um comentário.

Forte abraço,

Tenha um dia brilhante

Dyego Belisário

  • patrick

    ótimo artigo vou usar o ziva na limpeza dos painéis. Obrigado pela dica.

  • Henrique Lopes

    Muito bom artigo, vai me ajudar na próxima compra de APC.
    Vc recomenda o Ziva para limpeza de para-choque plástico (Voyage 1990) e impregnado de sujeira e produtos ao longo dos anos?

  • Marco

    Vou utilizar um APC para limpeza de painel e partes plásticas (para os bancos tenho limpador e hidratante) internas. Pretendo também fazer uma limpeza de leve no motor (não precisa ficar como um carro de exposição).

    Dúvida: Zina, Sonax ou Cadillac? Qualquer um resolve meu problema?

    Valeu!